Tarro Verde

A fábrica de conservas orgânicas da Serranía de Cuenca que produz legumes e pratos preparados com ingredientes naturais e orgânicos a partir da sua própria horta.
Conservas veganas e ecológicas da Tarro Verde
Empresa: Tarro Verde
Fundação: 2016
Localização: Ribatajada, Cuenca (Espanha)
Atividade: Produção de conservas de legumes, refeições prontas e patês de legumes
Distribuição: Internacional
Modelo: Autoclave vertical TERRA Food-Tech® CFS-110V

Tarro Verde é a fábrica de conservas orgânicas da serranía de Cuenca. As suas conservas são produzidas com ingredientes 100% à base de plantas, livres de glúten e alergénicos. Os legumes de que são feitos provêm da sua própria horta e têm certificação biológica.

Os produtos da Tarro Verde podem ser encontrados na loja online no seu website, bem como em diferentes lojas locais de alimentos orgânicos na área. Estes consistem em pratos preparados de legumes cozidos com vegetais (lentilhas com vegetais, grão-de-bico com espinafres e grão-de-bico com cogumelos), recipientes de patês de vegetais (abóbora, cogumelos ou beringelas) e legumes cozidos, que são embalados e rotulados à mão.

Este projeto de conservas veganas e orgânicas ganhou o primeiro prémio no concurso de empreendedorismo de Lanzadera do Conselho Provincial de Cuenca.

Problema: criar conservas o mais naturais possível

Refeições prontas orgânicas e veganas da Tarro Verde

A maior dificuldade para os fundadores da marca Tarro Verde foi a prevalência dos seus princípios. Estes não deviam ser perdidos por causa da profissionalização e deviam persistir durante todo o processo.

Ser respeitadores do ambiente, evitar o uso de pesticidas e promover a economia circular e de zero quilómetros era a sua razão de ser. Desde o início, têm-se empenhado no veganismo como forma de promover a riqueza da sua terra e oferecer outras formas de alimentação.

Entendiam que a comercialização das suas conservas não deveria estar em desacordo com a cozedura em fogo lento, de uma forma saudável e artesanal.

Desafio: conservar mantendo as máximas propriedades

O seu desafio residia em primeiro lugar na sua própria essência, uma vez que procuravam poder transformar as suas conservas num negócio sem perder de vista o que os tinha levado a começar. Isto significava procurar um sistema de conservação que mantivesse acima de tudo as propriedades saudáveis dos alimentos e as suas características organoléticas. Permitindo uma longa vida útil das preparações e um sistema de conservação comprometido com os cuidados ambientais.

Solução: um autoclave que permite a cocção na própria embalagem

Para tal, a Tarro Verde estudou as diferentes opções de recipientes e esterilizadores de conservas disponíveis no mercado. Finalmente, optaram pelas conservas de vidro e pelo autoclave da TERRA Food-Tech®.

“O autoclave é a pedra angular do nosso processo, alguns dos nossos produtos são cozinhados nos próprios frascos de conserva e todos eles passam pelo processo térmico de esterilização.”

Augusto Gil, proprietário da Tarro Verde

A TERRA Food-Tech® forneceu-lhes a informação técnica relevante e ofereceu-lhes a possibilidade de visitar as suas instalações em Barcelona. Ali puderam ver as máquinas que melhor se adequavam às suas necessidades e aprender a utilizá-las. E o serviço de consultoria da empresa ajudou-os a resolver, por telefone e telematicamente, todas as dúvidas iniciais que surgiram quando começaram a operar o autoclave.

Graças a tudo isto, agora no humilde espaço de trabalho da Tarro Verde em Ribatajada conseguiram fazer chegar o seu produto ecológico, vegano e sem alergénios a toda a Espanha e estão também em contacto com empresas de outros países para exportar.

“Se está à procura de uma máquina compacta e fiável que se adapte ao seu nível de produção, recomendamos definitivamente os autoclaves da TERRA Food-Tech®. No nosso caso, acertámos.”

Augusto Gil, proprietário da Tarro Verde
Partilhar post
Se gostou Tarro Verde

Você também pode estar interessado em

Peixos Mielgo dedica-se à venda, preparação e degustação de produtos do mar. Atualmente, oferecem também caldos de peixe e sofritos aos seus clientes.

Sussex Surplus é um projeto social da Feedback Global dedicado à produção de sopas e cremes em conserva por jovens em risco de exclusão social.

EatNow Food é um serviço de refeições orgânicas e saudáveis em formato de bolsa, criado pela MyMeal Catering, uma empresa indonésia de catering.

Antoni Izquierdo Gourmet é uma nova linha de negócios do restaurante Mas dels Arcs, especializado em molhos, sofritos e conservas da Costa Brava.

A Mallart Artesanos Charcuteros renasce com a ajuda da Fundação Mas Albornà para produzir produtos de galo de Penedès IGP.

A BDN Food Ingeniería de Alimentación é uma empresa de engenharia alimentar que oferece serviços de I&D, formação técnica, consultoria e novas tecnologias.