A importância dos autoclaves para a indústria de embalamento alimentar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Quer saber o que está por detrás de uma boa embalagem?

Vamos começar este artigo com uma situação quotidiana: imagine que abre uma conserva, seja de vegetais cozidos, molhos ou compota. Normalmente esta ação não tem mais consequências do que as esperadas. No entanto, podem ocorrer várias situações infelizes, tais como:

  1. O recipiente pode partir-se nas suas mãos.
    Se fosse feito de vidro, as consequências poderiam ser terríveis.
    Se fosse feito de plástico e estivesse um pouco rachado, o que poderia acontecer é que o líquido no interior teria vazado, deixando a despensa ou o frigorífico sujos, e a comida no interior teria sido corrompida.
    E se fosse uma lata, poderia estar enferrujada no exterior e/ou também no interior e afetar o conteúdo.
  2. A tampa ou rolha não fechar corretamente e tudo no interior ficar em más condições.
    Também pode acontecer que a tampa esteja enferrujada, dando uma imagem muito má e falta de confiança.
  3. Os adesivos externos descolarem-se ou perderem a cor.
    Assim, será impossível para si ver informações do seu interesse e que devem estar obrigatoriamente presentes na embalagem como o prazo de validade, ingredientes ou alergénios.

Sabemos que todas estas situações não costumam ocorrer. Além disso, tomamos como certa a robustez e excelência da embalagem porque a nossa história com ela quase sempre acaba bem. No entanto, isto é graças a uma investigação cuidadosa e a um trabalho de qualidade por parte da indústria de embalamento, e mais especificamente, da indústria alimentar.

Com este artigo queremos mostrar-lhe o que está por detrás de um consistente frasco de vidro, bandeja semi-rígida, pouche ou lata. Vamos descobrir?

A embalagem alimentar

As embalagens destinadas ao setor alimentar devem ser submetidas a controlos de qualidade exaustivos antes de serem utilizadas para embalar alimentos. Os principais objetivos na realização desses testes são assegurar a integridade total da embalagem durante todo o seu prazo de validade e também a manutenção do conteúdo sem alterar as suas propriedades.

O material de que o recipiente é feito pode ter um impacto no seu interior. Esta interação entre os diferentes materiais do recipiente e o seu conteúdo é chamada de migração. Este fenómeno pode afetar negativamente os alimentos, deixando vestígios de certas substâncias impróprias para o consumo humano. Daí a importância de assegurar os mais elevados padrões de qualidade em termos de segurança alimentar.

Embalagem adequada para conservas e refeições prontas

Embalagens próprias para autoclaves para a indústria de embalamento

As embalagens utilizadas na indústria alimentar e mais especificamente no caso de conservas e refeições prontas, devem garantir uma maior resistência, uma vez que:

  1. Podem conter comida quente.
  2. Devem ser submetidos a processos térmicos para efetuar a pasteurização ou esterilização dos ingredientes no seu interior.

Por conseguinte, a indústria de embalagens alimentares realiza uma série de testes antes de colocar as suas mercadorias à venda, a fim de certificar que as suas embalagens cumprem os requisitos pertinentes.

Como já mencionámos, a máxima do setor de embalagens alimentares é oferecer produtos que sejam seguros tanto em termos de dureza como de estrutura, ou seja, que não se partam/rompam nem permitam que ocorra uma migração.

Para o efeito, vários protocolos são realizados nos laboratórios de I&D&I (investigação, desenvolvimento e inovação):

  • Controlo da presença de O2 e CO2 residuais para minimizar o risco de os microrganismos deteriorarem o conteúdo.
  • Inspeção da integridade da selagem.
  • Deteção de fugas na embalagem.
  • Análise de válvulas anti-retorno para evitar problemas de integridade não detetados.

Uma forma simples de realizar as diferentes ações acima enumeradas é através da simulação da realidade, ou seja, incorporando alimentos quentes dentro da nossa embalagem, escolhidos ao acaso, e submetendo-os a um processo de esterilização. Quanto mais dura e realista for a representação, melhor, pois seremos capazes de testar a resistência dos nossos produtos em condições extremas.

Os nossos autoclaves de bancada com contrapressão são perfeitos para lotes piloto porque são uma forma eficaz e eficiente de garantir os mais altos padrões de qualidade dos recipientes, poupando tempo, dinheiro e recursos humanos. No nosso site pode ver a experiência de produtores locais, donos de restaurantes e chefs, e indústrias alimentares nas nossas histórias de sucesso.

A indústria do embalamento, sempre a inovar

Autoclaves para a indústria do embalamento da TERRA Food-Tech

A indústria de embalagens alimentares deve evoluir constantemente, assim como os seus clientes. O mercado exige novidades e, para isso, os laboratórios de I&D&I devem estar sempre a investigar, a desenvolver e a inovar. Procuram-se novos designs, materiais mais sustentáveis e económicos, embalagens que deixem menos resíduos e permitam a reutilização e a fácil reciclagem.

Sabias que…

De acordo com um estudo da consultora Smithers Pira e Procarton, publicado em 2017, 96% das marcas inquiridas consideram que a utilização de embalagens sustentáveis é importante para o seu negócio.

Vantagens dos autoclaves TERRA Food-Tech® para a indústria de embalagens alimentares

A adequação deste autoclave horizontal ou de mesa especialmente concebido para lotes piloto na indústria alimentar ou de embalagem de alimentos, não se deve apenas ao seu formato pequeno, ligeiramente maior do que um microondas, mas também ao seu fácil manuseamento e muitas outras características vantajosas típicas dos nossos autoclaves:

  • Autoclaves de mesa ou de carregamento horizontal com capacidades de 21 a 75 litros.
  • Autoclaves específicos para ensaios científicos e testes de lotes-piloto de conservas e refeições prontas embaladas em recipientes hermeticamente fechados na indústria alimentar e de embalamento.
  • Regulação, controlo e registo dos parâmetros Fo, Po, %Fo e %Po; imprimível e descarregável em formato PDF. Podem também ser armazenados no computador e ser extraídos via USB.
  • Permitem a realização de testes de tensão e longevidade dos recipientes, uma vez que é possível configurar qualquer um dos seus 50 programas com 5 segmentos iniciais e 5 segmentos finais ajustáveis por pressão, temperatura e pressão de uma forma autónoma.
  • Adequados para a cocção, esterilização e pasteurização de todos os tipos de alimentos embalados em latas, vidro, pouches e embalagens semi-rígidas.
  • Contrapressão programável até 2,1Barg para evitar a rutura ou deformação dos recipientes.
  • Tecnologia de arrefecimento rápido por meio de um jato de água.
  • Respeitam as características organoléticas e nutricionais do produto final, eliminando rapidamente a maioria das bactérias e esporos.
  • Incluem uma sonda de temperatura de núcleo expansível até um total de 2 sondas de temperatura de núcleo
  • SW8000: kit de software e ligação a PC para exportar e armazenar dados do ciclo de pasteurização ou esterilização em ensaios e testes de lotes piloto.
  • Fácil de usar e programar, com ecrã tátil a cores e capacidade para armazenar até 50 programas.
  • Excelentes medidas de segurança: válvula e termóstato de segurança, sistema de bloqueio de porta e alarme de porta aberta, detetores de pressão e nível de água, proteção térmica à volta da tampa e chassis de proteção da câmara de esterilização.
  • Uma vasta gama de acessórios para todos os tipos de projetos: bandejas padrão e personalizadas, armações e suportes, tampa e kit perfurador de recipientes semi-rígidos…

Todas estas vantagens dos autoclaves para a indústria de embalagens alimentares estão também disponíveis na nossa gama de autoclaves verticais de carregamento superior, com volumes de câmara de 33 a 175 litros, que têm exatamente a mesma tecnologia e características técnicas que os autoclaves horizontais ou de mesa. Os autoclaves verticais são particularmente úteis quando é necessário investigar lotes maiores ou quando é necessário produzir lotes-piloto maiores.

Autoclaves verticais para a indústria do embalamento da TERRA Food-Tech

Além disso, os autoclave para lotes-piloto da TERRA Food-Tech® são o produto da evolução da marca RAYPA, com mais de 40 anos de experiência no fabrico de equipamento de esterilização.

Para mais informações sobre os nossos autoclaves para a indústria de embalamento de alimentos ou para ensaios científicos e testes de lotes piloto na indústria alimentar, não hesite em contactar o nosso departamento comercial. Teremos todo o prazer em oferecer-lhe uma demonstração do que o nosso equipamento pode proporcionar à sua empresa e produtos.

Scroll to Top